Folheados ou semijoias: Entenda a comparação entre as duas peças!

Dentro do mercado de beleza feminina, muitas pessoas podem ter dúvidas na escolha entre folheados ou semijoias. Afinal, ambos apresentam suas próprias características, e também possuem distinções importantes.

Atualmente, as semijoias possuem bastante presença no mercado atual, e competem com os produtos folheados. No entanto, outras diferenciações, como composições, finalização e cuidados, também podem influenciar na escolha final.

Especialmente com a evolução das peças, a partir dos banhos, quando as semijoias passaram a ganhar preferência por parte do público.

Nesse caso, para saber qual levar, vale a pena entender a diferença entre ambos, e as qualidades que cada um apresenta.

Por isso, preparamos um guia especial para te ajudar a escolher entre folheados ou semijoias, além de trazer mais detalhes sobre cada produto.

 

Qual a diferença entre folheados e semijoias?

É natural que, ao escolher entre folheados ou semijoias, a principal dúvida seja o que é, de fato, cada uma dessas peças. Por isso, separamos aqui a diferença entre ambos:

Semijoias

As semijoias recebem um banho especial que se denomina galvanoplastia, onde o objeto passa por algumas aplicações com metais. Em geral, esses metais são o bronze ou o cobre.

Essa operação com metais se resume em uma mistura de sais envolvendo ouro, prata e ródio. Dessa forma, quando eles são unificados, produzem correntes elétricas que fazem com que se fixem na peça.

Dessa forma, ela passa a ter alguns elementos nobres desses metais.

Folheados

Enquanto isso, um item folheado é aquele que recebe, em sua finalização, uma camada de metal muito fina, realizada a partir de compressão no local de absorção da camada. Com isso, ela acaba sendo incorporada pela peça.

Normalmente, essa camada é de ouro ou prata, e costumam apresentar um valor mais em conta. Nesse caso, o valor final da peça também passa a ser considerado na escolha entre folheados ou semijoias.

 

Como perceber as diferenças entre folheados e semijoias?

A principal diferença para saber se estamos diante de folheados ou semijoias está no acabamento da peça. Assim, muitas vezes, uma análise mais cuidadosa do produto pode ajudar a ter essa resposta.

É claro que os valores também influenciam nessa percepção, visto que as folheadas costumam apresentar um preço menor. 

No entanto, momentos como a black friday de semijoias podem não ajudar nessa avaliação, de modo que vale a pena se atentar para quesitos como o acabamento, antes de mais nada.

Além disso, o estilo das peças também pode ajudar nessa percepção. Geralmente, o acabamento de semijoias costuma ter maior qualidade.

 

Reconhecendo uma semijoia de qualidade

Para quem busca escolher entre folheados ou semijoias, a qualidade do produto segue sendo um dos principais pontos. Afinal, é importante assegurar que a peça apresenta um bom custo-benefício.

Dessa forma, separamos os principais pontos que são considerados básicos para uma semijoia ser categorizada como um item de qualidade:

Espessura do metal com o banho

Naturalmente, quanto maior a espessura de determinado metal, mais resistente aquela semijoia vai ser. Ou seja, existem banhos que oferecem essa espessura maior, como, por exemplo, os que oferecem 0,02 mm.

A espessura é um dos pontos mais importantes para garantir a boa durabilidade do produto, e também sua usabilidade, seja para folheados e semijoias. Por isso, esse tipo de critério precisa ser levado em consideração.

Verniz de aplicação

Ainda que o banho seja de boa qualidade, se o fabricante do produto não realizar o uso do verniz na aplicação, o trabalho final poderá ficar comprometido. 

Afinal, é com essa aplicação que a peça recebe uma proteção maior contra oxidações ou outras interferências.

Garantia do fabricante

Enquanto isso, ao comprar uma semijoia, um dos principais pilares para uma aquisição deve ser a garantia ofertada pelo fabricante. Normalmente, a própria loja disponibiliza esses certificados.

Ela deve englobar, principalmente, a durabilidade e as políticas de trocas ou devoluções.

Composição do produto

Por fim, dentro da escolha de folheados ou semijoias, um ponto que precisa ser esclarecido é que a composição das semijoias são diferentes, e podem ter valores distintos. 

Pensando nisso, é importante saber a composição, para evitar possíveis alergias aos produtos usados.

 

Principais banhos de semijoias

Os banhos são parte fundamental no processo de confecção das semijoias, principalmente no que diz respeito ao acabamento. 

Atualmente, existem três tipos considerados principais, por serem os mais comuns, e que fazem a diferença na hora de escolher entre folheados ou semijoias.

Confira mais detalhes sobre cada um, e veja todos os tipos de banho existentes em nosso artigo completo sobre o tema.

Ouro

Sendo o tipo mais comum, o banho de ouro acaba sendo um dos mais procurados, principalmente pela resistência. Afinal, estamos falando de um material que apresenta bons resultados diante da oxidação.

Atualmente, os valores de semijoias banhadas a ouro variam de acordo com os quilates do material. Nesse caso, são consideradas de ouro puro as peças que possuem 18 quilates, sendo compostas por 75% apenas do material.

Ródio branco

Enquanto isso, o ródio branco é usado como uma espécie de alternativa para o banho de prata, por possuir um valor bem mais alto que os demais. Entretanto, acaba ganhando mais públicos por conta do seu custo-benefício final.

Isso porque, no geral, é um material durável, fazendo com que a peça final também apresente uma excelente durabilidade.

Ródio negro

Por fim, o ródio negro difere do ródio branco apenas pela sua coloração. Ou seja, o uso de um dos dois depende apenas da necessidade de mudança nos tons da peça.

Além disso, todas as características de composição, durabilidade e usabilidade se mantêm em relação ao anterior.

 

Folheados ou semijoias: O que é melhor para trabalhar?

Finalmente, ao pensar na questão de trabalhar com folheados ou semijoias, muitos pilares precisam ser considerados.

Em um primeiro momento, o folheado pode atrair mais olhares pelo seu valor acessível se comparado às semijoias.

Por outro lado, ao considerar os materiais usados em ambos, é possível notar diferenças relevantes. 

Dessa forma, a análise torna mais claro que entre os dois produtos, as semijoias possuem composições mais robustas, especialmente se manipuladas por uma companhia de qualidade.

A Franco Galvânica, por exemplo, atua no mercado de semijoias se especializando exatamente no uso de materiais qualificados e o banho das peças. Isso porque é perceptível que a galvanoplastia consegue trazer ainda mais qualidade para a peça final.

Por isso, é importante estar atento para que as peças passem por mãos especializadas no assunto, para garantir que o resultado final seja o esperado. Com isso, a sua escolha entre folheados ou semijoias será ainda mais assertiva!

E para conferir mais análises e dicas, confira outros conteúdos do nosso blog!

Deixe seu comentário